Cultura organizacional: Como implementar?

Uma cultura organizacional bem enraizada é fundamental para que sua empresa tenha bons resultados, membros mais engajados e metas melhores definidas.

Se a sua organização ainda não possui uma cultura organizacional, ou sente que esta precisa sofrer algumas alterações, esse texto irá te ajudar com alguns passos simples e fáceis que utilizamos na nossa empresa e que certamente irão te auxiliar a entender melhor o que é cultura organizacional, e como fazer (de forma fácil e simples) essa implementação na sua empresa. Confira!

É muito importante que toda organização tenha uma cultura bem definida e quanto mais enraizada ela estiver, melhores serão os resultados da sua empresa.

Isso acontece pois é a cultura organizacional que definirá os valores da organização, o perfil dos contratados, objetivos a serem traçados, entre outros.

Além disso, ela irá proporcionar um bom clima empresarial e será responsável por definir pontos importantes como as estratégias da empresa e os caminhos que serão percorridos.

É a partir da cultura que todos os membros (de analistas a diretores) irão tomar decisões importantes como: fechamento de projetos, criação de novos produtos e estipulação de metas.

Devido a isso é de extrema importância que todos os colaboradores estejam em harmonia com a cultura da empresa em que estão inseridos, pois é isso que garantirá que todos os membros estarão agindo e seguindo na mesma linha, ou seja, estarão em sintonia e engajados a um mesmo propósito, trabalhando para a mesma atividade-fim.

Porém, a implementação da cultura organizacional não é uma tarefa fácil, isso por que ela é um conjunto de costumes que precisam ser criados aos poucos no dia dia.

Se a sua empresa ainda não possui uma cultura organizacional bem definida é importante que essa definição seja feita de um modo orgânico e natural, caso contrário tornará o ambiente desconfortável, o que poderá acarretar em uma série de problemas.

Atualmente podemos dizer que a ESALQ Jr. Consultoria possui uma cultura organizacional bastante forte e enraizada em seus membros, isso ocorreu após uma série de ações que fizeram com que naturalmente essa cultura fosse aparecendo em nosso dia-dia.

  • Tenha um MVV bem estruturado:

A primeira ação tomada para a criação e enraizamento da cultura da ESALQ Jr. Consultoria foi definir, em planejamento estratégico, com toda a empresa o MVV (Missão, Visão e Valores).

Isso fez com que todos conseguissem opinar e expor seus pontos de vista, levando a empresa a chagar em, principalmente, valores que fizessem sentido para todos.

  • Adapte a linguagem:

Após a criação da missão, visão e valores, a empresa toda ainda sentia que estava distante do que éramos, por isso optamos pela criação de uma linguagem própria.

Hoje a ESALQ Jr. Consultoria atua sempre visando os 5 valores que adaptamos para a linguagem do nosso meio de atuação (agronegócio):

  1. Chapéu na cabeça (vestir a camisa),
  2. Firma o “Gorpe” (ser resiliente),
  3. Avançar em bando (seguir sempre juntos),
  4. Ser leal (ser honestos)
  5. Pensar fora da caixa (ter ideias inovadoras).

Essa linguagem ajudou ainda na compreensão dos mesmos pelos nossos clientes.

  • Crie um bom clima empresarial:

A cultura se torna muito mais fluida e inerente aos membros da empresa se no dia-dia todos conseguirem vivenciar momentos dessa cultura de uma maneira leve e sem pressão.

Quando os colaboradores se sentem a vontade para serem eles mesmos, melhor será a aceitação dessa cultura, além de ter uma grande influencia nos resultados da empresa.

  • Crie uma boa comunicação interna:

Tenha boas estratégias de comunicação interna, para que os membros da empresa se sintam motivados e engajados em aderir os hábitos da cultura.

Além disso, ter uma boa comunicação interna, ajuda a sempre estar estimulando e lembrando os colaboradores do papel deles no enraizamento da cultura. De uma forma leve e fluída.

  • Tenha paciência:

Lembre-se que a implementação de uma nova cultura ou de uma cultura organizacional não será feira de uma hora para a outra.

Tenha sempre em mente de que cultura é habito e hábitos demoram para serem criados, por isso vá implementando aos poucos.

  • Contrate pessoas com o mesmo fit cultural:

Após implementada é importante que ela seja sempre levada a diante, para isso é muito importante que nos processos seletivos a cultura da empresa seja um item fundamental da avaliação.

Nesses processos procure sempre por pessoas que de alguma forma já tenha os hábitos da cultura da sua empresa, dessa forma o dia-dia desse novo membro será muito mais fácil e ajudará a empresa a não perder o trabalho de criação da cultura.

Por fim para que sua empresa realmente tenha sucesso, o mais importante de tudo é lembrar do que disse Peter Drucker:

“A cultura devora a estratégia no café da manhã”
– Peter Drucker

Ou seja, muitas organizações acabam focando muito em realizar um enorme planejamento estratégico, com várias metas e objetivos desafiadores, com um projeto de crescimento enorme para os próximos anos. Isso faz com que acabem esquecendo das pequenas ações do dia-dia de criação e/ou enraizamento da cultura.

Por isso, muito mais que metas ousadas é necessário um comportamento dos lideres no cotidiano que mostrem que eles estão engajados nos hábitos, politicas, crenças e rituais adotados dando o exemplo e motivação para que seus liderados sigam na mesma direção.

Gabriela de Campos Henrique

Você poderá gostar de: