Principais pragas na produção florestal

Tem dúvida com relação à quais pragas podem atacar seus plantios florestais e como identificá-las? Leia atentamente este conteúdo e descubra quais problemas pode enfrentar!

Formigas cortadeiras

As saúvas (Atta spp.) e as quenquéns (Acromyrmex spp.) são as formigas cortadeiras que causam os mais danos à plantios florestais, causando os maiores prejuízos nos primeiros dois anos após a implantação. Estes insetos consomem a vegetação em tal intensidade que podem causar a mortalidade das plantas.

Vespa-da-madeira

A vespa-da-madeira (Sirex noctilio)é a praga que provoca os maiores danos aos plantios de Pinus, só no Brasil, já se alastra por 1 milão de hectares.Este inseto causa danos às árvores na postura dos ovos, quando insere na árvore um fungo (Amylostereum areolatum) e um muco que são tóxicos e causam a morte da planta; e por meio das larvas, que formam consomem a madeira, tornando-a inviável.

Sintomas comorespingos de resina, amarelecimento da copa e orifícios na casca indicam o ataque desta praga.

Pulgões

São dois os pulgões que se destacam como pragas de pínus: Cinara atlantica e Cinara pinivora. A principal época de ocorrência destes é entre outono e inverno, e causam danos às brotações,ramos, caule e raízes do vegetal.Sintomas como amarelecimento, deformação e queda das acículas, redução do crescimento, presença de um fungo escuro (fumagina) recobrindo os ramos e a folhagem e seca progressiva dos ramos indicam o ataque desta praga.

Gorgulho-da-casca-do-pínus

O inseto adulto do gorgulho (Pissodes castaneus) alimenta-se dos brotos da árvore, porém são as larvas que causamos maiores danos: consomem a madeira e formam galerias no tronco, inutilizando-a.

Se interessa pelo tema de produção florestal? Leia também:

Como abater custos na colheita florestal

ou

Porque a produção florestal pode ser o seu negócio!

Você também pode entrar em contato conosco através de nosso formulário de contato!