Checklist: Como cultivar uma hortaliça folhosa

No Brasil, dez mil produtores cultivam hortaliças, com área cultivada de aproximadamente 837 mil hectares e volume de produção em torno de 63 milhões de toneladas, a produção de hortaliças  contempla mais de uma centena de espécies cultivadas em todas as regiões do país. O setor movimenta R$ 17 bilhões anualmente, sendo a alface a hortaliça mais consumida.

O cultivo de hortaliças folhosas é algo simples e fácil de fazer ao contrário do que muitos pensam. Além de todos os benefícios nutricionais, essas hortaliças são muito procuradas nos mercados em geral.Por isso, vamos dar algumas dicas para essa produção ficar ainda mais fácil:

1. Escolher o que plantar

Antes de tudo, deve-se saber o que plantar para que, assim, o produtor se organize e conheça todas as necessidades da cultura determinada.O planejamento da produção é uma etapa muito importante para o sucesso da horta, por isso, escolher bem a espécie a ser cultivada é um dos pontos que pode aumentar o lucro do produtor.É importante levar em consideração o objetivo da produção para escolher a espécie.Se, por exemplo, o produtor deseja escoar a produção, deve ser observado se a cultura a ser implantada é consumida na região, caso a resposta seja negativa, deve-se procurar um cultivo de fácil escoamento local.

2. Onde plantar

É interessante levar em consideração o local onde se deseja implantar a horta,a temperatura, umidade,vento, entre outros fatores do ambiente podem afetar o progresso da cultura. O ideal é que seja um local com incidência direta de luz solar, arejado. O local deve ser cercado para evitar a entrada de animais e, caso necessário, recomenda-se utilização de cercas vivas como barreira tanto para animais, quanto para ventos fortes. O ambiente deve possuir também controle de disponibilidade de água de boa qualidade.

3. Como preparar e adubar o solo

O preparo do terreno é muito importante, o local deve ser limpo, capinado, livre de pedras e plantas daninhas. Após a limpeza, deve-se revolver a terra para que fique fofa. A adubação é fundamental por restaurar a qualidade do solo,deve ser feita de acordo com a análise do solo feita previamente a implantação do cultivo. Com isso, a adubação possibilita restauração de características químicas, como a reposição de nutrientes,e físicas do solo, resultando, assim em uma produção de hortaliças de alta qualidade.

4. Como semear

Algumas hortaliças (alface, por exemplo) necessitam passar, inicialmente, pelo plantio em sementeira e, quando só quando estiverem com 4 ou 5 folhas, são transplantadas para os canteiros. Outras podemser plantadas diretamente no canteiro. É muito importante utilizar sementes ou mudas de boa qualidade, o sucesso da produção depende em grande parte delas. A semeadura é feita de acordo com os espaçamentos adequados às diferentes espécies de hortaliças.

5. Demais Cuidados

Além de tudo isso, as plantas precisam de umidade para o seu desenvolvimento, a rega deve ser feita lentamente, de maneira que a água não escorra por cima do canteiro. Quanto à retirada de plantas daninhas, pode ser feita a capina das plantas que estiverem abafando ou prejudicando o desenvolvimento das hortaliças.O produtor deve estar sempre acompanhando cada fase da cultura, para que cada imprevisto que possa ocorrer seja rapidamente observado e solucionado.

Todos esses fatores são muito importantes e devem ser considerados em conjunto para que a cultura se desenvolva da melhor forma possível, rendendo lucro e atendendo as necessidades dos consumidores. No entanto, para que cada uma dessas etapas ocorra com sucesso, os produtores devem acompanhar de perto e atentarem-se as necessidades específicas de cada cultura,por mais que algumas espécies pertençam ao mesmo grupo de hortaliças folhosas, cada uma tem suas particularidades e isso deve ser levado em conta na hora de cultivá-las.

Por isso, muitos produtores procuram ajuda de pessoas especializadas. A ESALQ Júnior Consultoria pode ajudá-los nessa hora. Além da elaboração de Guias de Implantação de culturas específicas, englobando todos os tratos culturais e manejos de determinadas culturas, a empresa pode, através de serviços como o de Viabilidade Técnica, analisar temperatura, umidade, relevo, solo, entre outras características de áreas específicas para concluir qual a melhor espécie para implantar no local.

Além disso, a empresa oferece serviços que analisam a viabilidade econômica da produção, ou seja, todos os custos para obter uma produção de ótima qualidade são levados em conta e comparados com as receitas que o produtor terá com a comercialização do produto. Com isso, será possível observar se a produção é viável ou não e, caso seja, o produtor terá em mãos todos os dados necessários para a comercialização do produto.

Se interessa pelo tema? Leia mais

4 dicas práticas de como plantar hortaliças

ou

O que é o cultivo protegido e qual a sua finalidade?

Caso tenha interesse em saber um pouco mais sobre a aplicação prática desses serviços, clique aqui e entre em contato com nossa equipe.

Escrito por Luiza Pecci Canisares